Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

15/01/2019

7 dicas para se vestir melhor gastando pouco

Carteira com pouco dinheiro

Para levantar o visual e melhorar o estilo, não é preciso um banho de loja nem, muito menos, gastar rios de dinheiro com roupas caríssimas. Com sete dicas simples e práticas, é possível renovar a aparência sem muito esforço.

Renovar sua aparência é mais fácil do que parece. Fique atenta:

1 - Use apenas roupas da sua numeração

Não importa como é seu estilo nem quanto você pagou por suas roupas. Para um visual elegante, é importante usar peças que sejam do seu tamanho real. “As extremamente apertadas acabam marcando o que não devem e, às vezes, podem passar a impressão de vulgaridade”, comenta a consultora de moda Rita Heroína. Roupas muito grandes também podem parecer “desajeitadas”. Por isso, ela recomenda: “Encontre uma boa costureira para fazer ajustes”.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Sabrina Sato 🅱️+ (@sabrinasato) em

 

2 - Dê mais valor às peças em boas condições

“Para estar bem-vestida, é preciso estar atenta ao estado da roupa. Cores desbotadas, furos, bolinhas e outros desgastes podem detonar o visual”, conta Rita. Se a peça for muito querida, dá para tentar dar uma sobrevida com tingimentos, remendos bem feitos e um bom “papa bolinhas”. Mas se não tiver mais jeito, o melhor é desapegar e se desfazer da peça.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Sophia Abrahão (@sophiaabrahao) em

 

3 - Use roupas de boa qualidade

A qualidade da roupa afeta diretamente o visual. Uma peça bem cortada, com um tecido natural e bom acabamento ajuda a deixar qualquer look mais chique. Nem sempre uma roupa baratinha, que você mal vai usar e já vai estragar, vale a pena. Principalmente quando se trata de peças-curinga atemporais, que não saem de moda. Vamos refazer as contas? A consultora de moda Anna Barros explica: “É preciso calcular o custo por uso da peça. Se você compra uma calça por um preço baixo, mas a veste somente uma vez por mês e, em um ano, ela já vai ter se desgastado, você deve dividir o preço desta calça por doze para obter seu valor por uso. Muitas vezes, a compra não é tão vantajosa quanto investir um pouco mais em uma peça que você vai aproveitar por mais tempo."

4 - Já visitou um brechó?

Se você não pode investir em longo prazo para comprar peças duráveis, uma excelente alternativa é comprar em brechós. “Brechós vendem peças de qualidade que já foram usadas e, por isso, têm preços mais em conta. Outra dica é comprar roupas atemporais em liquidações de boas marcas. Blazers, calças, vestidos e camisas básicas são peças que você pode usar pra sempre”, recomenda Anna.

5 - Invista em acessórios

Agora que aprendemos a investir em roupas de qualidade, que vamos usar mais vezes e por mais tempo, também precisamos entender como variar o visual dessas peças-curinga. A resposta está em uma palavra: acessórios! “Sempre vale apostar em acessórios que a gente já tem em casa e muitas vezes não usa. Óculos de sol, lenços e relógios são ótimos aliados para levantar o visual de maneira rápida”, comenta Rita. “Com os acessórios certos, podemos imprimir diferentes estilos com uma mesma roupa”, complementa Anna. Mas não esqueça dos colares, pulseira e brincos, que dão um toque de delicadeza, estilo e presença, a qualquer mulher.

A camisa branca de Fernanda Paes Leme ganhou outra cara com a sandália e a pochete.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Fernanda Paes Leme (@fepaesleme) em

 

6 - Planeje seu look

Não deixe pra escolher as peças que você vai vestir em cima da hora. Separe sua roupa no dia anterior para que sua criatividade tenha tempo de aflorar.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Marina Ruy Barbosa (@marinaruybarbosa) em

 

7 - Se conheça

Conhecer a você mesma é caminho principal do sucesso para sempre se vestir bem. “Você precisa saber quais são suas características físicas, como é sua silhueta e seu estilo, quais cores mais combinam com você e como é o seu cotidiano. O autoconhecimento vai lhe ajudar a fazer escolhas certas e que combinem totalmente com quem você é”, afirma Anna.

Dicas direto do Universa